na mídia

destaques

vii-8.png

VIDAS INDÍGENAS IMPORTAM

 

Idealizada pela cantora Márcia Novo, uma das principais referências da música regional amazonense, o projeto nasceu no início da pandemia, quando Márcia foi surpreendida pela mensagem de uma amiga indígena que estava necessitando de ajuda para a sua comunidade. Dali nasceu a primeira vaquinha informal entre amigos.

  • Instagram Vidas indígenas importam
  • Youtube Vidas indígenas importam
fta-8.png

FESTIVAL TARUMÃ ALIVE

 

O Tarumã Alive é um festival de música que há 6 anos desenvolve ações de conscientização para a
preservação da bacia hidrográfica do Tarumã-açú.

Para amenizar o impacto na bacia e aumentar sua sobrevida o festival propõe o Movimento “Pela vida do Tarumã”, com a proposta de instalar caixas de dejtos e ecobarreira nos igarapés que desaguam lixo no rio.

  • Instagram Tarumã Alive
  • Youtube Tarumã Alive
 
 
Ativo 37-8.png
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco

ÚLTIMOS LANÇAMENTOS

press play

liveeletroboi-8.png

Live // Eletroboi em Parintins

eletroboiaovivo-8.png

Álbum // Eletroboi (ao vivo)

bubma-8.png

Videoclipe // Bumba bumbum bumbá

Boi Manaus 2021 (15).jpg

De família tradicional parintinense, Márcia Novo assina um estilo sui generis que passeia entre o tribalismo indígena do Boi-bumbá, o tropicalismo dançante do brega e os ritmos de fronteira caribenha que influenciam a Amazônia de seu estado. Tem como referências: Carrapicho, Dona Onete, Beto Barbosa, Shakira e La Yegros.


Márcia se divide numa ativa agenda de shows e produções de eventos entre Manaus e São Paulo. Na capital paulista já passou por palcos como Virada Sustentável, Sesc Belenzinho, Centro Cultural Rio Verde, Mundo Pensante, Semana Internacional da Música (SIM-SP) e Bloco do Baixo Augusta. Assina o evento de conexão cultural norte-sudeste, Toca da Caboca, e o festival ambiental Tarumã Alive, que promove ações de limpeza do rio Tarumã, retirando toneladas de lixo anualmente, a música regional e saúde e bem estar, através dos esportes. É também idealizadora da campanha de arrecadação de doações para as comunidades indígenas, Vidas Indígenas Importam. Pelo seu destaque no ativismo indígena e ambiental foi denominada Embaixadora
da FAS (Fundação Amazonas Sustentável).

MADE IN

AMAZONAS

POP ARTISTA BRASIL